Início » Traição » 6 consequências da traição no casamento

6 consequências da traição no casamento

Homem com roupão branco pensa nas consequências da traição no casamento em imagem com mulher ao fundo

Existem inúmeras consequências da traição no casamento e entender quais são as principais delas é importante para saber como agir ao passar por essa situação. 

O adultério é uma das piores coisas que podem acontecer em um casamento e viola tudo o que você construiu com seu parceiro de forma pessoal. Isso faz com que as consequências da traição no casamento sejam muito sérias, podendo gerar o fim do relacionamento. 

A infidelidade pode parecer uma morte: a morte da confiança, a morte do afeto, a morte de todo o trabalho que você fez em seu casamento. 

Ao surgir os primeiros sinais de traição, quem está se sentindo traído pode até mesmo ter que contratar um detetive particular para descobrir o que está acontecendo. 

Uma vez que se descobre a traição no casamento, e a pessoa está convencida de que se casou com a pessoa errada, a ideia do divórcio pode criar raízes e crescer. 

Não há dúvida sobre isso; o adultério afeta os casamentos da pior maneira possível e destrói relacionamentos. 

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto e fazer uma reflexão sobre traição no casamento e as suas principais consequências! 

Leia também: Veja o que fazer ao descobrir uma traição! 

Qual o comportamento de uma pessoa que trai? 

Infelizmente, existem muitas pessoas que traem seus parceiros e o número não para de crescer. 

Por incrível que pareça, por exemplo, a pandemia gerou um grande aumento de traições na cidade de São Paulo

Informações como essa fazem com que as pessoas que já desconfiam do parceiro fiquem ainda mais em dúvida sobre a fidelidade dele

Mas, afinal de contas, qual é o comportamento de uma pessoa que trai? 

A grande questão para a dúvida acima é que existem diversos sinais de infidelidade. No entanto, eles não são a confirmação de que a pessoa está cometendo o ato. 

Uma pessoa pode estar com um comportamento estranho porque está com algum problema pessoal, e não porque ela está traindo. 

Por esse motivo, é importante deixar claro que você pode observar se certos sinais de traição existem, mas a melhor forma de ter certeza disso é com uma investigação conjugal

Dito isso, aqui está uma lista com alguns dos principais comportamentos de quem trai:

  • Muitas horas extra no trabalho;
  • Preocupação excessiva com o bem-estar do parceiro;
  • Mudança de comportamento ao utilizar o celular – não o aparelho disponível para que seja utilizado pelo parceiro;
  • Mudança na comunicação – passo ignorar o parceiro diz;
  • Mudança na vida sexual – existe menos conexão e intimidade;
  • Mudanças no visual e novos hobbies. 

Os sinais acima podem indicar uma traição, mas será que quem trai uma vez trai sempre? Não necessariamente! 

Pode ser que uma pessoa que traiu tenha se arrependido de ter feito isso. No entanto, cabe ao parceiro decidir se irá ou não perdoar a traição. E mesmo que perdoe, as consequências do ato estarão presentes no casamento. 

Principais consequências da traição no casamento

A traição pode começar de diferentes formas, pode ser que seja porque o casamento estava em crise, porque a pessoa realmente gosta de trair e sempre fará isso e assim por diante. 

A questão é que existem consequências da traição no casamento e algumas das principais são as seguintes: 

1. Culpa e vergonha 

A culpa e a vergonha são grandes componentes do adultério – tanto para quem trai quanto para o cônjuge ferido. 

Quando a infidelidade é descoberta em um casamento e trazida à tona pelo casal — ou por um detetive —, geralmente há um acordo para não contar ou esconder o fato das pessoas. 

É como se a infidelidade fosse embaraçosa para ambos lados. Alguém poderia pensar que isso é verdade para o cônjuge infiel, o que acontece na maioria das vezes. Mas o cônjuge ferido também sente o constrangimento e a vergonha. 

Quem foi traído deseja se encolher, quer se esconder e de fato se sente como se estivesse contaminado. Os pensamentos persistentes podem ser “deve haver algo errado comigo”, “algo estava errado com o casamento” ou “eu falhei”. 

Porém, a culpa é sempre de quem comete o ato de trair. Afinal de contas, a pessoa está em um relacionamento e precisa respeitar quem está ao seu lado.

Essa também pode ser considerada uma consequência espiritual de traição. Afinal de contas, se a pessoa que traiu for ou se torne religiosa, pode se sentir culpada e com vergonha de seus atos. 

2. Perda de confiança e intimidade

Uma consequência fatal do adultério é a quebra de confiança e a perda de intimidade. Um caso emaranhado é sempre o resultado de um déficit de intimidade no relacionamento conjugal. 

Parte da atração do caso para um cônjuge infiel era a oportunidade de ser ele mesmo em seu pequeno mundo privado que eles construíram com outra pessoa. 

Eles precisavam desesperadamente dessa liberdade para serem eles mesmos, para serem aceitos e apreciados. 

Eles não queriam fingir ou ficar dentro de um determinado molde, já que era um mundo totalmente novo, sem regras, exceto aqueles que eles escolheram criar com um novo parceiro.

Com isso, ao existir traição no casamento, a pessoa traída perde a confiança no parceiro e ambos os lados podem não se importar mais com a intimidade do casal. 

3. Divórcio

Embora a traição nem sempre termine em divórcio, pode ter um impacto devastador. É provavelmente a coisa mais prejudicial que pode acontecer a um casamento.

Infelizmente, também é um dos problemas mais comuns que um casal enfrentará. As estatísticas variam sobre o assunto, mas é amplamente divulgado que 60% dos homens e 40% das mulheres participarão de um caso extraconjugal em algum momento de sua vida conjugal. 

É a profundidade da traição e da dor emocional que muitas vezes leva ao divórcio após a infidelidade. Essas emoções negativas são difíceis de deixar para trás e muitas pessoas sentem que não há como reconstruir a confiança no casamento. 

Se você se encontrou nessa situação, anime-se, suas emoções negativas acabarão desaparecendo e sua vida se tornará normal novamente. 

Se, para que isso aconteça, você precisa se divorciar, então você está entre a maioria das pessoas que tomam a mesma atitude ao passar por uma situação de traição. 

4. Solidão

A infidelidade é solitária e isolante. Quando o caso vem à tona, as pessoas podem desaparecer, seja porque você disse a elas para ficarem longe, elas escolheram um lado ou você não quis ninguém por perto durante um período tão difícil. 

Se você é infiel, não quer contar a ninguém por medo de ser rotulado de todos os nomes ruins do livro. 

Se você foi traído, também não quer contar a ninguém por medo da rotulação, da pena ou do sentimento de vergonha que os cônjuges traídos podem sentir. Além disso, pode não querer o conselho não solicitado que muitos escolhem dar. 

5. Problemas de saúde mental e física

Além dos perigos de ser exposto a diferentes doenças sexualmente transmissíveis quando um parceiro trai, outras doenças podem surgir em quem passa pela situação de traição.  

A maioria das pessoas concordaria que ser traído é uma experiência terrível. Não só tem o poder de fazer você se sentir mal, mas também doente. 

Pesquisas nas últimas décadas fornecem evidências que sugerem que a infidelidade pode, de fato, levar à doença. Esta pesquisa sugere que a infidelidade pode ser um fator no desenvolvimento de doenças mentais e também pode ter consequências para a saúde física de uma pessoa. 

Há uma crescente ideia de que a descoberta da infidelidade de um parceiro pode ser um evento psicologicamente traumático significativo o suficiente para desencadear transtorno do estresse pós-traumático (TEPT).

6. Relações tensas com familiares e amigos

Se você ouvisse que alguém que você ama foi traído, como se sentiria? Como você reagiria? 

Se você for como a maioria das pessoas, seu relacionamento com o infiel fica no mínimo estranha e fria. É difícil perdoar alguém que traiu você e é ainda mais difícil perdoar alguém que traiu seu melhor amigo ou membro da família. 

A traição pode causar interações tensas com familiares e amigos preocupados, quer o relacionamento continue ou não.

Importância de um detetive particular para descobrir uma traição

Algumas pessoas têm dúvida se traição no casamento é crime. Antigamente, até o ano de 2005, a traição no casamento era sim considerada como crime. Inclusive, a detenção podia ser de até 6 meses. Atualmente, não é assim que funciona. 

Hoje em dia, ao existir traição no casamento, ocorre a perda da pensão alimentícia ao parceiro infiel. Isso quer dizer que se você depende financeiramente do seu marido ou esposa, caso você cometa o ato de trair, não terá pensão para si. 

Outra coisa que pode acontecer é que caso o cônjuge que foi traído prove que ocorreu algum dano moral devido ao ato do parceiro infiel, ele poderá entrar com processo de danos morais. 

Porém, para que uma traição seja descoberta, é importante contar com a experiência de um profissional capacitado em investigação, como um detetive conjugal.  

Saiba o que fazer após descobrir uma traição!

Na Líder Detetives, além da investigação para descobrir traição, você encontrará diversos outros tipos de serviços, como o de investigação empresarial, por exemplo. 

Banner de Contato - Lider Detetives
Diretoria Líder
Diretoria Líder

A Diretoria Líder é responsável por uma empresa especializada em serviços de Investigação Particular, com mais de 20 anos de história. Possuímos a melhor equipe de detetives particulares de São Paulo e atendemos todo o território brasileiro para solucionar os mais diversos casos de investigação.

Fale Conosco pelo WhatsApp