A traição conjugal é um dos motivos de maiores dores, pesares e vergonha na vida das pessoas. Só quem já passou com isso sabe como é

Em muitos casos, descobrir se o fato é real fica muito difícil porque o traidor pode ser bom em enganar pessoas ou porque terceiros podem estar ofuscando a situação. Para esses casos, a ajuda de um detetive particular é importante.

Esse profissional vai agir de forma oficial e, com suas técnicas, conseguir identificar a situação sem que a vítima precise presenciar a cena em um momento de tensão e desespero.

Como descobrir uma traição com a ajuda de um detetive particular

Existem alguns sinais quase certeiros para se chegar à traição conjugal.

No entanto, na maior parte das vezes, quem está dentro de um relacionamento não consegue identificar os pontos e os motivos para chegar a esse resultado.

É pressupondo isso e acrescentando que os detetives particulares têm técnicas específicas, que é aconselhável contratá-los para averiguar situações problemáticas como essa.

Vamos levar o assunto para a prática: se há mudanças de rotina, alteração no humor, brigas constantes, problemas com a comunicação, cheiros e aromas diferentes e mudanças de interesses, então, pode ser que tenha um problema.

Mas, a partir dessas condições que são sentidas e vistas pelos parceiros, há outras que exigem mais conhecimento, como a verificação do segredo: que pode ser por mensagens telefônicas, e-mails ou encontros presenciais.

Nessa parte, o trabalho do detetive é praticamente indispensável para que exista a comprovação do fato.

Se descobriu uma traição, conheça diversas dicas ou consulte um detetive particular

O que fazer após descobrir a traição?

A descoberta da traição sempre é uma situação muito dolorosa para as pessoas. Mesmo porque se sentir traída é algo como que… sem explicação aparente. O mundo desaba, como costumam dizer.

E aí, fica a pergunta: o que fazer após o momento em que o detetive particular chega com a notícia de que o seu parceiro está amando outra pessoa?

Separamos 7 dicas para te ajudar com esse questionamento, que é totalmente pessoal e intransferível. Confira.

1 – Saiba como será feita a justificativa

Se o traído começar o discurso dando desculpas que aparentam ser ensaiadas, então, há um grande indicio de que elas realmente sejam.

Há a possibilidade de ele ter imaginado a descoberta, por isso, treinou a história toda em caso de a verdade ser apresentada à tona.

Conforme os especialistas, para este caso o melhor a fazer é ouvir os detalhes que foram afirmados, incluindo os nomes, horários, localizações, entre outros. Porque isso será muito importante posteriormente.

2 – Avalie a resposta

Depois de ouvir tudo que foi dito durante a explicação, considere analisar como o parceiro demonstrou seus sentimentos… Foi com cansaço? Confusão? Descrença?

Você também deve analisar a linguagem corporal, que pode ser um indicador para saber se o discurso é ou não verdadeiro.

3 – Recobre os detalhes da conversa

Selecione um detalhe inofensivo e, sem levantar suspeitas, faça uma pergunta abstrata sobre esse evento ou acontecimento.

É provável que se for mentira a história contada, o parceiro vai entregar neste momento.

4 – Como vai se configurar a situação

Após a sua interrogação, atente-se ao que o parceiro vai fazer: ficar calado ou responder são as mais prováveis situações.

Alguns estudos comprovam que quando uma pessoa está falando a verdade, não é preciso mais do que um ou dois segundos para falar. Isso porque os detalhes já estão prontos se algo realmente aconteceu.

Quando há mentira, a pessoa precisa de um tempo para pensar em tudo – ao menos mentalmente.

Considere que o detalhe que você mencionou não era algo em destaque na história ensaiada por ele.

5 – Repita o processo

Faça, novamente, uma pergunta indiscreta e que não esteja no foco da história.

E continue observando: ele parou para pensar novamente? Está frustrado? Retruca com outras perguntas? Essas são técnicas usadas por ele para transferir a culpa para você – tome cuidado.

Se descobriu uma traição, conheça diversas dicas ou consulte um detetive particular

6 – Sempre dê tempo para réplicas

O comum é que ele faça perguntas também.

O seu comportamento, nesse caso, é ser paciente.

Mas, sempre que o parceiro for falar, atente-se ao fato de que você não é o culpado da situação e sim ele. É muito comum que a vítima sinta-se culpada, mas isso é um erro.

7 – Pense como ficará o futuro

Assim sendo, após descobrir a traição e seguir essa orientação, caberá a você pensar sobre tudo que aconteceu – leve em conta também as respostas e justificativas dadas pelo parceiro.

Se a traição é algo muito doloroso para você, o ideal é dar um tempo no relacionamento até que a situação fica menos dramática.

Você também pode ser daquelas que não perdoam traição, então, nesse caso há a chance de encerrar o relacionamento naquele momento. Inclusive, veja também como descobrir uma traição pelo celular.

O mais importante é conseguir ouvir o parceiro e saber os motivos pelo qual tudo aconteceu. É a partir disso que você fará o julgamento da situação.

Uma vida de mentiras não é saudável para ninguém, mas, ao mesmo tempo, todo mundo merece uma segunda chance na vida. Se você foi traído, tem todo o direito de decidir isso.

O que os especialistas recomendam fazer?

Existem várias formas de lidar com isso e não que há uma que seja certa ou mais coerente do que a outra, só que alguns especialistas costumam dizer que são 3 os passos mais adequados para sair dessa situação mais rapidamente.

I – Aceite a dor

Eles dizem que é indicado se permitir sofrer por algum tempo, mas que não seja superior a 15 dias. Esse é apenas um período de luto e serve para que reflexões sejam feitas.

II – Entenda os motivos

Essas reflexões vão gerar um auto processo de entendimento para você entender como foi a sua vida nos últimos anos.

Vale a pena tentar entender por que a situação ocorreu. Enxergue como uma oportunidade de aprender.

III – Levante a cabeça e siga em frente

Após o sofrimento e a reflexão, aprenda a viver no presente e deixe o passado para trás.

Coloque os erros do relacionamento anterior na balança e considere o que realmente foi sua culpa – se é que ela aconteceu. Isso servirá como base para um próximo relacionamento mais feliz.

No fim, é notável entender como esse relacionamento te fortaleceu para a vida. Confira também como identificar um mentiroso na vida real!

Vale a pena contratar um detetive particular para descobrir a traição?

Como falamos no início do artigo, a traição pode deixar qualquer pessoa em situações surreais – há o nervosismo, a tensão e muitos outros sentimentos que podem deixar as vítimas fora de si.

A contratação de um detetive particular começa neste ponto: com a investigação do caso de forma tênue e sem chamar a atenção. Além disso, ele tem técnicas especiais para conseguir obter as informações.

Com esse embasamento, a pessoa vai conseguir passar pelo processo de luto de forma menos dolorosa e sem o sentimento de culpa ou de negação.