Profissional especializado pode somar forças com a polícia para encontrar pessoas que desapareceram

 

Se deparar com um caso de desaparecimento de pessoas na família ou entre amigos é, talvez, uma das sensações mais aterrorizantes que alguém pode ter. Algumas mães já relataram na mídia que ter um filho desaparecido, por exemplo, pode ser pior do que “arrumar o quarto de um filho que já morreu”.

Tristeza, angústia, medo e a incerteza são os elementos que matam quando alguém a quem se ama desaparece. Mas, se por um lado a dor é certa, por outro, a esperança é o que conforta.

Saiba que em casos de desaparecimento, além do trabalho feito pela polícia nos casos de busca, também é possível contar com o apoio de detetives particulares. Já que em um momento delicado como esse, todos os esforços são válidos e precisam ser acionados o mais rápido possível. Quanto mais tempo demorar, mais longe a pessoa perdida pode ir.

São muitos os casos que podem envolver a ajuda de um detetive particular. Adolescentes que fugiram de casa, mulheres que sofreram violência doméstica, brigas na família, pessoas endividadas, homens que não estão dispostos a assumir a maternidade e o rapto ou tráfico de pessoas.

 

Exceto no caso de sequestro, normalmente, boa parte dos desaparecidos retomam às suas casas após um período longe, segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

É importante lembrar que quando há indícios ou confirmação de desaparecimento, acionar a polícia é a primeira atitude a ser tomada, ela é quem garantirá as primeiras orientações. As mobilizações nas redes sociais também têm ajudado bastante a resolver alguns casos. Além disso, há sites especializados em busca por pessoas desaparecidas que não podem ser descartados, como o Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos e a Secretaria de Segurança Pública.

Acontece que nem sempre essas primeiras atitudes são capazes de solucionar o problema e a ajuda especializada de um detetive particular será de grande valia na soma de esforços pela busca de pessoas que desapareceram.

investigação pessoas desaparecidas

Como um detetive atua nos casos de desaparecimento

O ponto inicial do trabalho de um profissional especializado na busca por pessoas que desapareceram é o levantamento de informações básicas. Nome completo, fotos atuais, endereços de casa ou do trabalho, telefone e endereço de amigos, locais que o desaparecido costumava frequentar, última vestimenta, lugar e hora onde a pessoa foi vista pela última vez, são alguns dos elementos que o detetive precisa para iniciar a busca e conseguir mais pistas sobre o paradeiro.

O detetive se valerá de métodos profissionais para levantar o maior número de pistas possíveis. Com ferramentas, equipamentos e recursos tecnológicos que facilitam a localização de pessoas. Vai atrás de amigos, pessoas que possam ter contato com o desaparecido, locais e suspeitos. Tudo feito de maneira profissional e serena.

 

O tempo de investigação e as chances de resolução do problema variam em cada caso, já que a quantidade de informações básicas solicitadas no início da operação vai subsidiar o desenrolar do caso, mas saiba que um detetive particular verterá todos os esforços para encontrar a pessoa desaparecida.

Ao se deparar com uma situação triste e delicada como essa, procure imediatamente a ajuda profissional e orientação em uma agência de detetives, como a Líder Detetives, que garante sigilo sobre o caso, respeitando sempre a dor que família se encontra.