-: dez 07, 2020 / diretorialider

Buscas por desaparecido: entenda como um investigador particular opera

0

Detetives buscam por pessoas desaparecidas com base em pistas coletadas e auxiliam na investigação

Lidar com a falta de notícias de uma pessoa é realidade para uma boa parcela dos brasileiros. Uma pesquisa de 2017 do Fórum Brasileiro de Segurança Pública encomendada ao Datafolha, 17% dos brasileiros têm algum familiar, amigo ou conhecido que está desaparecido. A necessidade de saber o que aconteceu com a pessoa querida motiva a contratação de investigadores particulares, que iniciam as buscas por desaparecidos. 

Mas como investigar um desaparecimento? É o que você vai descobrir agora!

Confira também: IMPORTÂNCIA DE UM DETETIVE PARTICULAR NA BUSCA POR DESAPARECIDOS

Como encontrar um parente desaparecido?

Se a pessoa que você está buscando se trata de um parente, de forma geral a investigação pode contar com muito mais pistas, uma vez que o contratante costuma conhecer melhor os detalhes sobre a vida do desaparecido. 

Um detetive de respeito vai, antes de mais nada, procurar coletar o máximo de informações sobre as características, os hábitos, os interesses, as relações e as circunstâncias do desaparecimento. Nessa etapa, cada informação é valiosa!

Entre os primeiros passos está também a vasculhação das redes sociais, que podem entregar pistas importantes, como o último lugar em que a pessoa foi vista ou a roupa que ela usava. 

Após a apuração, o detetive começa as buscas, pois, quanto antes essa fase do trabalho começar, mais chances há de encontrar o familiar. 

Para isso, o investigador particular vai a locais que o desaparecido frequenta e conversa com pessoas que possam conhecê-lo, levantando ainda mais pistas que ajudam a localizar o parente e a diminuir o número de pessoas desaparecidas no Brasil.

Cada nova pista deve ser investigada. O detetive particular utiliza métodos e técnicas especiais para averiguar o que é verdade ou não. 

O profissional atua em conjunto com a polícia, levando as pistas sobre o paradeiro da pessoa sempre que encontrar novas evidências. Isso faz com que casos sem solução há mais tempo sejam reabertos e as buscas por desaparecidos das autoridades se reiniciem. 

dois investigadores de terno preto em uma sala conversam enquanto analisam provas

Veja mais: INVESTIGAÇÃO DIGITAL, COMO UM DETETIVE PODE ENCONTRAR INDÍCIOS NO AMBIENTE DA INTERNET

Como encontrar uma pessoa desaparecida? 

Se a pessoa que você está buscando não era tão próxima, como por exemplo um amigo ou um familiar mais distante, ainda é possível ajudar na operação.

Ao fornecer informações para o detetive, você já estará ajudando. 

Porém, é comum que os profissionais acabem apurando mais dados com as pessoas mais próximas à vítima, como mãe, pai, cônjuge ou filhos. Portanto, não fique chateado. 

Se você tiver alguma informação que possa auxiliar, você deve conversar com o investigador, mesmo que, inicialmente, ele não tenha procurado por você. 

Após as apurações, ele investigará as pistas e retornará com novidades. 

Como fazer para encontrar uma pessoa só pelo nome?

A busca de desaparecidos no Brasil é um trabalho sério, feito tanto pela polícia quanto pelos detetives particulares. Porém, encontrar alguém apenas pelo nome é uma tarefa quase impossível. 

Em alguns casos, tanto as pessoas que são vítimas de sequestro ou tráfico ou pessoas que decidiram voluntariamente ocultar seu paradeiro quanto idosos com problemas de memória, não usam seu verdadeiro nome por onde passam, o que acaba dificultando as buscas. 

É por isso que a forma como começar em cada situação, ainda na fase da apuração, é tão importante. Pequenos detalhes, como uma peça de roupa ou uma marca de nascença são capazes de fazer a diferença nas buscas por desaparecidos. 

Se você possui um ente querido que está desaparecido, conte com a nossa equipe para encontrá-lo. Depois de conhecer como o trabalho é feito, você terá esperanças de um reencontro. 

Posted in: Curiosidades
Comentários
Nenhum Comentário
Ainda não há comentários.